segunda-feira, 19 de abril de 2010

Minha razão

Aquelas investigações críticas e racionais.
As falas complexas, reflexões intrínsicas, linguagem formal.
E em meio a esse mundo dito racional, vivo em outro paralelo e particular.
Onde cada ato tem um sentido independente de toda essa lógica.
Seguindo os próprios preceitos, vivendo na leveza e no ritmo dos batimentos.
Para isso tudo há um nome, que fica subentendido no sorriso.

Siga o blog por e-mail