quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Conjunto vazio

Aquele vazio súbito que surge de vez em quando, sem motivos muito claros e que gera um desconforto tamanho, que chega a doer no corpo, me visitou hoje.
A cabeça fica confusa, o peito aperta, o sorriso some, dando lugar a um certo desespero velado, que é claro só dentro da gente.
Nos perdemos num abismo interno e parece que não há chances para um reencontro, ou reconciliação com a mente e o coração.
Talvez seja só um dia ruim, mas há possibilidade de que seja uma dessas crises que surgem ao longo da vida e que vem anunciar mudanças. E o novo sempre assusta! A angústia está pesando no peito!

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Machuca um pouquinho

E logo passa

Amor é assim

Desse modo que tem graça

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Tracejando

Condenada à intensidade.
Sentindo cada palavra, extremamente.
Temperando os dias, ora com lágrimas, ora com sorrisos.
Amando o amor e o amado com força irrevogável.
Traçando caminhos com os velhos e doces sonhos de outrora.

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Selo

Ganhei meu primeiro selo no blog, da doce Deia Santos! Adorei!

Siga o blog por e-mail