quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Pedaços nossos

Quero que o amor prevaleça diante de qualquer dificuldade.
Que ele seja nosso alimento, nossa salvação.
Acredito na magia dos ares primaveris.
E no seu poder de renovação.
Confio na segurança do tom da tua voz mansa.
Sei, às vezes pareço uma criança.
Mas creio na eternidade desse sentimento que compartilhamos.
Quero cores para nossa vida.
E uma passagem só de ida para nosso destino juntos.
Hoje esperava fugir das rimas.
Mas talvez já não saiba também ficar sem elas.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Eu aqui como lâmpada incandescente
Fecho os olhos, displicente ao que é frívolo
Quero a todo instante,
Para sempre nossa chama de amor incessante.

Siga o blog por e-mail