sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Quantas cabriolas!

De ponta cabeça!

Em uma nova fase!

S a l t i t a n d o por aí!


"A minha idéia, depois de tantas cabriolas, constituíra-se idéia fixa."
Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Campeando

Procuro no escuro do meu quarto.
Nos papéis que em seguida descarto.
Nos livros que leio.
Nas taças de vinho que me levam ao devaneio.
Onde está a bendita consciência
Que insiste de mim fugir?
Haja paciência!



- Como diz a música: "ando meio desligada, eu nem sinto os meus pés no chão"!

sábado, 12 de dezembro de 2009

Aqui dentro

Nem sei mais o que quero!
Tem algo aqui no meu lado de dentro,
Que balança com o vento.
Parece que sofro a contento!
Estão as lágrimas para mim,
Como as estrelas para o firmamento?

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Do que vem vindo




Eu estou ficando com uma sensação.

Penso nisso noite e dia.

Me alegra sentir esse misto de calmaria e euforia.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Colapso

Este dia um tanto nublado.
A vontade súbita de apagar todos os escritos, todos os mails.
O impulso de sumir sem deixar rastros para ninguém.
Ver no que dá um ato de insanidade total.
O pior é que nem para isso resta corajem!

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Mais um de amor


Hoje eu sei a resposta para muitas daquelas perguntas sobre ti que tanto me perseguiam. Sinto em mim uma nova conciência. Tu me ensinastes isso e tantas outras coisas. E aqueles momentos de ontem foram especialmente lindos. Eu te senti como alguém tão pleno e feliz! Vi isso na tua fala, no teu sorriso, nos consolos e no total empenho de me convencer de minha própria competência. Te amo por que te amo, e é um amor tão puro, que jamais será entendido pelos outros. Estou radiante com nosso lindo e pouco convencional amor!

Siga o blog por e-mail