segunda-feira, 13 de julho de 2009

Armazenando

Pouco a pouco de forma irregular, vou tentando com as palavras me expressar.
Busco no risco e rabisco, o grito abafar e simbolizar.
Não me basta pensar, falar e chorar.
As energias recarrego.
Os prantos descrevo, não nego.
A alegria mostro, é instantânea, peculiar.
Os destroços busco juntar.
E a interrogação está sempre presente, a questionar.

Escrevo e cantarolo.
O tempo vai passar...

1 comentários:

o lado B do lado B disse...

a vida as vezes é pesada!!! bem pesada

Postar um comentário

Obrigada por expressar aqui sua opinião e seu sentimento:)

Siga o blog por e-mail