quinta-feira, 16 de julho de 2009

Evasão

Só tem graça o que mexe lá no fundo e provoca ebulições.
E só tem graça quem também precisa de uma ebulição para viver.
Tem coisas que quero aprender sozinha, sentir sozinha.
E tem coisas que quero ouvir dos outros, mas não de quaisquer outros.
Às vezes preciso ir só.
Às vezes preciso que me acompanhem, mas sem dó.
Palavras se fazem desnecessárias.
E o segredo está em compreender e sentir-se bem num silêncio compartilhado.
Tempo...
Pensamentos oriundos.
Concordância.

Estou lendo "Uma vida inventada", de Maitê Proença.
Fica a dica.

;9

1 comentários:

o lado B do lado B disse...

Vou aproveitar a dica!!!!

Postar um comentário

Obrigada por expressar aqui sua opinião e seu sentimento:)

Siga o blog por e-mail