terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Lançando


Aquela liberdade

Já não mais importava tanto

A alma de outra forma então pulsava

E era palco de novos conflitos

Abandonava-se às vezes à própria sorte

Desalinhava-se

Respirava com fúria

Amor e desejo a compunham

Vivenciava intensamente esses novos e fortes ares

1 comentários:

o lado B do lado B disse...

viver intensamente, sempre foi o lema daquela menina, que por agora evoluia, e dava espaco a uma nova alma. Nao diferente, nem outra, a essencia continuava e estava fortificada e mais densa, era apenas evolucao!

Postar um comentário

Obrigada por expressar aqui sua opinião e seu sentimento:)

Siga o blog por e-mail