quinta-feira, 5 de março de 2009

Alguém me interne no paraíso

"Minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite."
Clarice Lispector

Ontem, depois de mais um dia de turbulências no trabalho, cheguei em casa cansada. Cansada mas não triste ou aborrecida. Apesar de tudo, bem. Quando passava das 21h30min, faltou luz. O calor era tremendo. No início, confesso que fiquei irritada. Mas depois de algum tempo, pude perceber que a lua iluminava a rua. Fiquei ali por horas. Matei mais um pouco da saudade de mim mesma. Senti-me coberta pela lua e pelos encantos da meia-luz. Parece mesmo que "eu também sou o escuro da noite".

*

"... Gosto das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes… tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos."
Clarice Lispector

A cada dia que passa, a cada momento só, posso perceber que gosto das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos. Por que o mais complexo? E também, por que o incomum? Por que Literatura Brasileira Clássica? Por que as palavras mais complexas do dicionário? Por que as teses de doutorado? Por que Espanhol e não Inglês? Por que a chuva e não o sol? Por que o chimarrão e não a Coca? Por que o café e não o chá? Por que a pessoa mais louca e não a mais normal? Por queee? Quetiono-me!

Os sentimentos mais fortes sempre. Os sofrimentos mais fortes. Os delírios mais loucos. Os devaneios.

Alguém me interne no paraíso!

2 comentários:

Marcel disse...

Quando te internarem, me indica o lugar =D

Vanessa Hartmann disse...

Indicarei! =D

Postar um comentário

Obrigada por expressar aqui sua opinião e seu sentimento:)

Siga o blog por e-mail