quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Coisas de borboleta...

Havia coisas que nem ela própria conseguia acreditar.

Beliscava-se, cutucava-se durante os referidos acontecimentos.

Os segundos que ficou sozinha no ambiente, não aguentou e algumas lágrimas chorou.

Eram fortes, mornas e salgadas.

Precisou recompor-se rapidamente.

Estava tão confusa sua mente.

A borboleta acompanhava tudo.

E era personagem da música doce que cantarolava.

Assim mais um capítulo escreviam.

Quanto mais viviam, mais se envolviam.

E os fatos já se confundiam.

2 comentários:

o lado B do lado B disse...

Borboletas e Vanessa, eu as amo!

Vanessa disse...

Vanessa siggnifica borboletas ;D

Postar um comentário

Obrigada por expressar aqui sua opinião e seu sentimento:)

Siga o blog por e-mail