segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Existe?!

Rose procurava agora, encontrar a solução para tudo, em paz.
Ela estava de fato extremamente envolvida pela Psicologia.
Não leve a mal. Estava mental.
Pensamentos e sonhos estranhos surgiam em sua mente.
Questionava extremamente.
A procura do seu eu.
Ela descobria muitas coisas.
E descartava tantas outras...
Emocionava-se, ainda chorava.
Os números não eram nada.
O exato definitivamente, ali não imperava.
E a lua era a eterna testemunha, que a partir de então, se impunha.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por expressar aqui sua opinião e seu sentimento:)

Siga o blog por e-mail